Conecte-se conosco

Visitamos a Península de Galinhos; pense num lugar maravilhoso

Turismo

Visitamos a Península de Galinhos; pense num lugar maravilhoso

Visitamos a Península de Galinhos; pense num lugar maravilhoso

Vocês já ouviram falar em Galinhos? Estivemos por lá durante uma semana, desfrutando de tudo que o lugar tem a oferecer, foi uma experiência incrível! É difícil passar mais de uma hora na ‘Ilha’ e não se apaixonar por aquele pedacinho de terra. Vou compartilhar com vocês um pouco das experiências que tive do local, é uma forma de incentivar você a visitar a cidade e desfrutar de todas as maravilhas possíveis. É importante que o potiguar se conscientize que há um infinito de locais a explorar por aqui mesmo, sem ter a necessidade de viajar para tão longe e gastar absurdos de dinheiro.

COMO CHEGAR LÁ?

Foto: Mateus Angelo

Galinhos fica aproximadamente a 160 km de Natal, em um carro você faz o percurso dentro de 2h indo em velocidade moderada, já no busão (como eu fui) demora 3h, mas você vai despreocupado em dirigir e se estressar. É importante compreender que dependendo da quantidade de pessoas que vai com você, ir de ônibus é bem mais em conta, já que a gasolina não para de subir e a passagem pro local custa apenas R$32,00 (se você for estudante, claro).

A principal estrada (BR-406) está em bom estado, apenas a estrada que da acesso a cidade que é estreita e bem esburacada, mas da pra ir tranquilamente! A chegada na península só é capaz através de barco, que custa R$4,00, existe um gigantesco estacionamento as margens do rio chamado ‘Prata Gil’, gratuito e com vigilância 24h por conta da Prefeitura.

Chegando na cidade, você vai ver um aglomerado de charretes, que é o transporte mais tradicional da cidade, pagando R$10,00 você pega uma charrete até o seu destino e chega rapidinho em qualquer lugar da cidade. É importante dizer que todos os cavalos são submetidos a uma jornada não exaustiva de trabalho e que os ‘pilotos’ pagam multas se deixaram os animais realizarem suas ‘necessidades especiais’ nas ruas da cidade,  mas minha experiência com o cavalo foi engraçada, assim que eu subi ele fez coco e soltou vários gases, ele não tava com a barriga muito boa naquele dia (pense numa catinga). Mesmo sabendo que os cavalos são extremamente bem cuidados, fiquei com pena na hora que charrete chegou na areia da praia, me senti desconfortável por achar que o cavalo estava fazendo muito esforço, mesmo sabendo que é um animal muito forte.

ONDE FIQUEI?

Foto: Mateus Angelo

Eu e a boyzinha ficamos hospedados na Pousada Brésil Aventure, que fica na beira mar da praia com vista privilegiada para o farol e o pôr do sol, sem dúvida um dos pontos mais estratégicos da cidade. A pousada conta com restaurante, todos os quartos são climatizados, possui piscina e tem um mirante que é fantástico pra você bater umas fotos “bem blogueirinha”. O restaurante do hotel é uma maravilha, fazem um peixe maravilhoso, eu num sou muito criterioso com comida, mãinha sempre disse que tenho a boca boa, mas como a minha boy gostou, então é porque realmente é boa (porque ali reclama, viu?!), sim, antes que esqueça, a pousada tem o serviço de Café, Almoço e Janta! Você num precisa nem ta rodando muito atrás de lugar pra comer.

COMO É A CIDADE?

Foto: Karolina Gomes

A cidade é extremamente pequena, provavelmente bem menor que o bairro que você mora, você consegue tranquilamente atravessar de uma ponta a outra a pé, coisa de 5 minutinhos. É delicioso o clima de cidadezinha, as pessoas conversando na rua, a praça bem organizada, tudo muito bonitinho, organizadinho, coisa mais linda, um verdadeiro paraíso pra quem busca tranquilidade e distância da badalação da capital, garanto que suas energias serão recarregadas instantaneamente em apenas um final de semana.

A praia da região “metropolitana” da cidade é uma delícia para banho, existe uma área de arrecifes e o mar é bem calmo, perfeito pra crianças e idosos. Para conhecer as demais praias da região, é preciso contratar o serviço de um bugueiro e viajar em um infinito de dunas sem fim, uma experiência encantadora, um visual fantástico. Algumas lagoas se formam entre as dunas e isso vai fazer você lembrar um pouco dos famosos Lençóis Maranhenses, claro que em menores proporções.

Existem inúmeros ‘picos’ fantásticos pra você curtir o pôr do sol, os que eu pude conhecer foram: O Farol, Duna do André, Duna do Capim e o mirante da Pousada Brésil Aventure. Eu não cheguei a conhecer todo o Brasil, mas pode ter fim de tarde igual, mais bonito que o de Galinhos eu acho difícil… um gigantesco espetáculo da natureza que pinta o céu da ilha de laranja, coisa linda demais.

Foto: Gaby Coutinho

Outro ponto belíssimo é o distrito de Galos, uma autentica vila de pescadores, com direito a uma pracinha com TV , onde os moradores se reúnem pra assistir as novelas e jogos de futebol. Fazem tudo isso tranquilamente, os índices de violência e criminalidade do lugar são bem diferentes dos de Natal, o delegado de Galinhos “quase não trabalha” porque a taxa de crimes de lá é quase 0.

O QUE NÃO É TÃO BOM?

Foto: Pixabay

Pela noite não há muito o que fazer, existe apenas uma boate na cidade chamada Galo Preto, sempre tem uma banda de forró ou um DJ tocando e animando os finais de semana, mas super aconselho você ir dar uma volta pelas ruas da cidade e se deparar com o cenário interiorano e gostoso da tranquilidade da noite.

É difícil achar defeitos em Galinhos, mas a gente vai falar o que achou ruim: O sistema de abastecimento de água da cidade ainda não é eficiente, muitos estabelecimentos e casas furam poços, e pela cidade ser uma península coberta por mar, a água do local é bem salobra e eu que tenho química no cabelo, fiquei com as madeixas quase petrificadas. Pra chegar no local, você enfrenta um gigantesco fedor devido ao mangue e a produção de sal, é uma catinga forte de verdade, parece que abriram uma fossa dentro do seu nariz.

AQUI É GALINHOS

Foto: Gaby Coutinho

Tenham certeza que um fim de semana na Península de Galinhos é um investimento com muito retorno. Já estou planejando minha próxima ida aquele paraíso, o lugar é verdadeiramente inspirador, fantástico e revigorante, para informações sobre hospedagem, entre em contato (84) 3552-0085 e tire todas as suas dúvidas!

Deixe um comentário
Mateus Ângelo

Idealizador do TodoNatalense. Sou Designer Gráfico e Social Media desde 2013. Atualmente trabalho como diretor de comunicação no município de Ceará-Mirim.

Clique para comentar

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Turismo

Topo