Conecte-se conosco

Tubarão-lixa é capturado em Natal e expõe como somos leigos em questões ambientais

Natal

Tubarão-lixa é capturado em Natal e expõe como somos leigos em questões ambientais

Tubarão-lixa é capturado em Natal e expõe como somos leigos em questões ambientais

Na manhã da última terça-feira (15) uma notícia ganhou a home do site G1RN e um vídeo foi viralizado nas redes sociais. No vídeo, um homem exibia como troféu um tubarão-lixa capturado por pescadores na Praia dos Artistas. A espécie encontra-se em extinção, embora já tenha sido extremamente comum em todo o Brasil, mas hoje normalmente é encontrada apenas na costa nordestina.

O tubarão-lixa é uma espécie dócil que normalmente não ataca banhistas, a não ser que se sinta extremamente ameaçado (infelizmente não foi o que aconteceu dessa vez). No Aquário Natal, na Redinha, quem visita o local tem até a oportunidade de se aproximar do animal, passando a mão e até mergulhando ao lado dele.

Aqui em Natal mesmo, antes dessa, já houve várias aparições dessa espécie de tubarão. Lembro-me de algumas vezes ter aparecido pelas bandas da Praia da Redinha, assustando vários banhistas e provocando aquela muvuca na época.

FALHAMOS EM INFORMAR

Ao assistir ao vídeo pela primeira vez o que me deu foi revolta. De verdade, fiquei extremamente “puto” com aquela situação. Mas com alguns minutos de reflexão, pensei: será que esse cara (que possivelmente é um pescador) sabe que o animal está em extinção e que a captura do animal é crime?

Aparentemente, pela despreocupação ante a exposição à filmagem, aquele homem não tinha a mínima noção do crime ambiental que estava praticando naquele momento. Agora, se essa informação não chega até aos pescadores, que são pessoas que vivem do que trazem do mar, é porque as instituições responsáveis falharam miseravelmente.

FALHAMOS AO CRITICAR

A justiça deve ser feita, o homem tem que ser submetido a punição que consta na lei 9605/98, que prevê pena de seis meses a um ano de detenção, além de multa de R$ 5 mil.

Entretanto, o linchamento social que o cara vem sofrendo é imenso. Seria merecido se ele soubesse o que estava fazendo, mas aparentemente o cara não vê nenhuma ilegalidade naquilo.

Você já ouviu falar no “cação”? Na teoria são tubarões que são legalmente comercializados e facilmente encontrados em qualquer peixaria próxima da sua casa. O que pouca gente sabe é que 40% da carne de cação comercializada é de espécies de tubarão em extinção.

O PIOR DE TUDO É QUE…

Acho improvável que o rapaz seja realmente punido pelo ocorrido, já que o Brasil é uma “mãe” em relação a questões ambientais. É só olhar para os casos de desmatamento na amazônia ou para os barões que constroem suas mansões em áreas de proteção ambiental.

E se o rapaz do vídeo realmente soubesse que o que estava fazendo é errado, também não duvido que ele se sinta à vontade para gravar um vídeo, afinal, a impunidade reina na “Pátria Amada Brasil”.

Deixe um comentário
Mateus Ângelo

Idealizador do TodoNatalense. Sou Designer Gráfico e Social Media desde 2013. Atualmente trabalho como diretor de comunicação no município de Ceará-Mirim.

Clique para comentar

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Natal

Topo