Quem venceu o primeiro ABC X América no antigo Castelão? Veja outras curiosidades » Todo Natalense
Conecte-se conosco

Quem venceu o primeiro ABC X América no antigo Castelão? Veja outras curiosidades

Esporte

Quem venceu o primeiro ABC X América no antigo Castelão? Veja outras curiosidades

Quem venceu o primeiro ABC X América no antigo Castelão? Veja outras curiosidades

O ano era 1972. Naquele 04 de junho a euforia tomava conta da cidade do Natal para a partida de logo mais, que inauguraria o belíssimo estádio Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, ou Castelão, como depois ficou conhecido. Naquele dia acontecia o primeiro clássico-rei da história da nova casa esportiva do Rio Grande do Norte. Um ABC X América recheado de emoções que ficaram registradas nos anais da história esportiva da capital potiguar.

Ao meio dia os portões foram abertos e a torcida começou a lotar o estádio. 32.860 pagantes, um ótimo público para a época. O ABC estava com o uniforme preto e branco, com largas listras horizontais; o América, de camisa vermelha e calção branco. Antes da partida, bandeiras do Brasil, Rio Grande do Norte e de Natal hasteadas para o ato inaugural. Ao fundo ouve-se o hino nacional e, logo após, o hit “Pra Frente, Brasil”, que embalou a conquista do tri da Seleção Brasileira em 1970, no México.

Começa a partida. A rivalidade dos dois maiores times potiguares deu lugar, naquela tarde, à ansiedade pelo primeiro gol no Castelão. E não tardou. A rede balançou logo aos 20 minutos de jogo, quando Alberi deu um belo lançamento para o volante William, que grafou seu nome na história, marcando para o ABC o primeiro gol registrado no antigo Castelão, que anos depois tornou-se Machadão e hoje se chama Arena das Dunas.

Naquele momento a torcida explodiu de emoção, rasgando da garganta o grito de gol que estava entalado junto com a ansiedade. Foi um clássico de um gol só, o gol do volante William. Vitória do ABC por 1 x 0 e a primeira página foi escrita no estádio apelidado de “poema de concreto” pelo então governador Cortez Pereira.

Momento do primeiro gol no Castelão, marcado por William, do ABC | Acervo: Ribamar Cavalcante

CURIOSIDADES

-Brasil x Vasco – Naquele dia não foi só o clássico-rei que encheu os olhos dos torcedores potiguares. A inauguração também contou com uma partida de Vasco da Gama contra a Seleção Olímpica, que se preparava para as Olimpíadas de Munique naquele mesmo ano.

-Expulsão – Apesar do caráter amistoso da partida, o jogador Jailson, do ABC, foi expulso de campo aos 64 minutos.

-Erro de cálculo – Entre as atrações daquele dia estava um pouso de paraquedas no centro do estádio. Não se sabe o que houve, mas, em vez de parar no círculo central, o paraquedista foi aterrissar fora do estádio.

LIVRO

Todas essas informações foram extraídas do livro 45, um tempo de futebol e de um poema, do advogado e jornalista potiguar Kolberg Luna Freire Lima, que lançou o trabalho no último dia 14 de novembro. O livro conta um pouco da história do primeiro tempo de vida (primeiros 45 anos) do Castelão/Machadão/Arena das Dunas. A obra reúne 45 jogos que o autor considera emblemáticos nesse período. O livro está à venda com o próprio autor (facebook.com/kolberg.luna) ou, em breve, nas bancas de revistas da cidade.

Capa do livro “45, um tempo de futebol e de um poema”

Deixe um comentário
Diego Campelo

Sou jornalista com passagens por jornais impressos e online da capital potiguar e assessorias de comunicação de empresas públicas. Atualmente trabalho como assessor de imprensa. Instagram: @campelodiego1

Clique para comentar

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Esporte

Popular

Publicidade
Topo