Caminhada Histórica do Natal espera receber 5 mil pessoas; saiba como participar » Todo Natalense
Conecte-se conosco

Caminhada Histórica do Natal espera receber 5 mil pessoas; saiba como participar

Cultura

Caminhada Histórica do Natal espera receber 5 mil pessoas; saiba como participar

Caminhada Histórica do Natal espera receber 5 mil pessoas; saiba como participar

Foto em destaque: Demis Roussos

A História é algo fascinante e conhecê-la é imprescindível para reafirmar identidades e não repetir erros do passado. A cidade do Natal tem uma história riquíssima e ela será contada no próximo sábado (17), a partir das 14h, na VII Caminhada Histórica do Natal, em um trajeto de cerca de 1,5 quilômetro que sairá da praça André de Albuquerque (Centro) até à Praça Augusto Severo, no bairro da Ribeira.

O evento é uma oportunidade perfeita para quem quer conhecer melhor a cidade e a sua história. O evento vai percorrer 19 monumentos e atrações históricas, acompanhado de um trio elétrico, de onde o historiador Alexandre Rocha irá explicar sobre as origens e importância de cada local para a história da cidade. “Além de muita História você pode esperar um passeio em família”, afirma Alexandre.

A inscrição para a Caminhada custa apenas a doação de 2kg de alimento não perecível (exceto sal) por pessoa. Os alimentos são trocados, no ato da inscrição, pelo kit do caminhante e tudo que for arrecadado será entregue a instituições parceiras.

Segundo Jarbas Filho, diretor da Viva Entretenimento e idealizador e promotor do evento, a expectativa é a participação de cerca de cinco mil pessoas. “Aproximadamente 30 mil pessoas já participaram das seis últimas edições. Para este ano, aguardamos um número de público muito bom e por isso estamos trabalhando para trazer novidades”, destaca.

Veja também: Conheça a trágica história dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu

KITS PARA TROCA

Em troca dos alimentos, o participante recebe o kit do caminhante, que contém uma camiseta e um voucher para trocar pelo Guia da Caminhada e Revista Histórica do Natal, no dia do evento. As trocas estão sendo realizadas nos seguintes locais:

Avohai – Rua João Pessoa, 194, Cidade Alta

Favorito Supermercados – Av. Engenheiro Roberto Freire

Britos – Rua Princesa Isabel, 577, Cidade Alta

Azo Jeans – Rua Princesa Isabel, 617, Cidade Alta

CONCURSO DE MÚSICA

A programação da Caminhada Histórica também conta com o 1º Concurso de Música da Cidade do Natal – Cantando a História. A competição consiste em composição e apresentação de canções inspiradas na capital potiguar, especialmente em seu centro histórico, suas tradições e atrativos turísticos.

A participação é aberta para todos os compositores residentes no Rio Grande do Norte, mas infelizmente as inscrições já foram encerradas no dia 26 de outubro. Serão selecionadas até 15 músicas para a final, que integrarão o CD “Cantando a História”. Os Finalistas deverão se apresentar no dia da Caminhada e os três melhores compositores, além do melhor intérprete, recebem troféu e premiação financeira.

CONCURSO DE FOTOGRAFIA

Objetivando incentivar a arte da fotografia e divulgar os pontos históricos da capital potiguar, o 1º Concurso Fotográfico de Natal – Um retrato de nossa História acontece também dentro da programação da Caminhada Histórica do Natal, com patrocínio da Unimed Natal e apoio da Viva Entretenimento e Mercado da Foto. As fotografias feitas durante a Caminhada poderão participar do concurso, sendo de 1 a 5 imagens inscritas por fotógrafo.

O concurso será dividido em duas categorias: amador, que pode utilizar câmeras fotográficas digitais de qualquer modelo, inclusive smartphone; e profissional, na qual serão aceitas apenas imagens feitas com equipamentos profissionais HDSLR. Os três primeiros colocados de cada categoria recebem premiação financeira e as fotografias campeãs integrarão exposição a ser realizada no final de novembro.

Podem participar do concurso maiores de 16 anos e qualquer comprovação de fraude acarretará em desclassificação. Dúvidas sobre o concurso e solicitação do edital devem ser enviados para o e-mail [email protected]com.

Deixe um comentário
Diego Campelo

Sou jornalista com passagens por jornais impressos e online da capital potiguar e assessorias de comunicação de empresas públicas. Atualmente trabalho como assessor de imprensa. Instagram: @campelodiego1

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Por que sentimos a famosa “dor de veado” durante os exercícios? » Todo Natalense

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Cultura

Topo